Vem Cá Que Eu Te Conto - Viagens, Roteiros e Transformação

Quanto custa seu batom em Myanmar?

Quanto custa seu batom em Myanmar?

Como você se sentiria se seu batom e sua maquiagem valessem como moeda em outro país? Pois foi isso que aconteceu comigo em Myanmar. Quer saber mais dessa história? Vem cá que eu te conto!

"Viajar te deixa sem palavras, depois te faz um contador de histórias"

Essa é uma frase bastante conhecida entre os viajantes e a cada nova viagem que fazemos, mais concordamos com ela.

A história de hoje é sobre valores!

Como você se sentiria se seu batom e sua maquiagem valessem como moeda em outro país? Pois foi isso que aconteceu comigo em Myanmar!

As mulheres asiáticas são lindas! Aquele cabelo liso sem necessidade de progressiva, naturalmente com brilho de dar inveja e sem contar nos olhos que são um charme a parte.

Era um dia de céu azul e ensolarado. Acordei empolgada, dei uma maqueada rápida pra disfarçar a cara de mochileira cansada e vesti o saree pra compor com o cenário nas fotos.

É muito comum você encontrar vários vendedores aos arredores dos templos com seus artesanatos. A grande maioria, mulheres.

Você vai entrando e elas ligeiramente vem te mostrando cada coisa mais linda que a outra. 

Quanto custa seu batom em Myanmar?

Em uma das visitas aos templos, quando elas vieram insistir nas vendas , eu expliquei que seus trabalhos eram lindos, mas, infelizmente não tinha dinheiro para comprar.

Muitas me perguntaram se eu era indiana, (por estar vestida com o saree, eu acho), e elogiavam a roupa.

Elas são lindas e não poupam elogios. Isso me encantou!

Após resistir a inúmeras tentativas de venda, agradeci gentilmente e fui me retirando do local. Enquanto passava pelo arco principal para sair senti uma mulher puxar meu saree e segurar meu braço esquerdo.

Olho assustada para trás e enquanto virava a cabeça ela dizia:

-Pode escolher o que quiser! Pague com maquiagens!

Franzi a testa demonstrando que não tinha entendido e perguntei:

-Como assim?

Ela olhando com um olhar de admiração responde:

- Você pode me pagar com batom, rímel, sombra, qualquer uma dessas coisas que você está usando no rosto que te deixa tão linda!

Nesse momento realizei a inspiração e expiração mais profunda da minha vida!

Me toquei que realmente não tinha visto nenhuma mulher maquiada. Nem de batom. Apenas com a tanaka no rosto.

Infelizmente , meu pequeno estojinho de maquiagem estava no hostel e era longe dali. Minha vontade foi de dar tudo que tinha!

E olhando para ela, desapontada, expliquei que eu não tinha nada ali comigo! Mas que se tivesse daria de presente. Não para moeda de troca.

Falei também que ela era linda do jeitinho que ela era! A tanaka em seu rosto a deixava maravilhosa e única.

E aí pensei... o que faria uma pessoa aceitar maquiagens usadas como moeda de troca?

Quanto custa seu batom usado dentro da sua bolsa? Eu nunca tinha parado pra pensar nisso. Coisas que são tão normais pra gente e quase insignificantes valerem para outra pessoa ao ponto virar moeda de troca.

Mais uma vez me deparo na diferença entre valor e preço. Mais uma vez esse país me mostra que o valor sempre vence o preço. 

Que quando entendemos a importância de algo, o preço se torna apenas números. 

Por isso uma viagem pode ser dinheiro jogado fora para uns, enquanto para outros é investimento. Ou trocar de carro todo ano para uns pode ser investimento, enquanto para outros pode ser visto como dinheiro desperdiçado.

O que aprendi com isso?

Não tenha meda de ir atrás de coisas que tem valor pra você! Assim como aquela mulher não me deixou sair do templo sem tentar conquistar o que ela queria, não deixe as oportunidades darem as costas e irem embora sem ao menos tentar.

O que é o seu "batom"? O sonho de uma faculdade? O sonho de ser mãe? O sonho de uma viagem? O sonho de uma casa própria? O sonho de construir uma família? O sonho de ter um carro? O sonho de ser promovido? O sonho de montar seu próprio negócio?

Peça ajuda a quem puder ajudar.Levante de onde está e vá onde precisa ir! Não deixa seu "batom" ir embora e fique parado olhando!

Infelizmente, perdi a oportunidade de tornar aquele momento especial dando um dos meus batons a ela de presente. Mas, mesmo assim ela ainda aceitou tirar essa foto comigo.

Quanto custa seu batom em Myanmar?

Obrigada querida por ter me ensinado tanto apenas com um batom. Obrigada por ter me ensinado tanto mesmo falando pouco. Esse dia ficará maquiado na minha memória para sempre!

Que tenhamos a mesma disposição de ir atrás do nosso "batom" na vida!

Mais fotos desse e de outros momentos no insta https://www.instagram.com/alinemonteirooficial/

 

Aline Monteiro

Saiba Mais sobre Aline Monteiro

Postado por: Aline Monteiro

Aline Monteiro nas redes sociais:

Extrovertida, brincalhona, aventureira, mãe, mulher, resolvida e também adoro mochilar um pouquinho mundo a fora!

Deixe seu comentário aqui: